Passo a passo - como fazer um comprovante de renda sendo autônomo

Como autônomo, muitas vezes é necessário comprovar a sua renda para diversas finalidades, como aluguel de imóveis, empréstimos ou até mesmo para a obtenção de certos benefícios.

No entanto, por não ter um contracheque, pode ser um pouco mais complicado criar um comprovante de renda. Neste artigo, vamos te mostrar um passo a passo de como fazer um comprovante de renda sendo autônomo.

Organize sua documentação O primeiro passo para fazer um comprovante de renda sendo autônomo é organizar toda a sua documentação financeira, principalmente aquela que comprove a entrada de dinheiro na sua conta.

Isso pode incluir extratos bancários, declarações de Imposto de Renda, recibos de pagamento de serviços prestados, entre outros. Quanto mais documentação você tiver, melhor será para comprovar a sua renda.

Calcule sua média de renda

Canva Pro
Comprovante de renda sendo autônomo
Canva Pro

Depois de organizar todos os documentos, é hora de calcular a sua média de renda mensal.

Some todos os valores que você recebeu ao longo de um período (recomendamos no mínimo 3 meses) e divida pelo número de meses para obter a média.

Essa média será muito útil na hora de criar o seu comprovante de renda.

Utilize aplicativos ou sites especializados

Existem diversos aplicativos e sites que podem te ajudar a criar um comprovante de renda de forma prática e rápida.

Alguns desses serviços oferecem a opção de inserir os seus dados financeiros e gerar automaticamente um comprovante personalizado, o que pode facilitar bastante o processo.

Crie o seu comprovante de renda

Com a documentação organizada e a média de renda calculada, você está pronto para criar o seu comprovante de renda. Se optar por utilizar um aplicativo ou site especializado, siga as instruções para inserir as informações necessárias e gerar o seu comprovante.

Caso prefira criar o seu próprio documento, certifique-se de incluir todas as informações relevantes, como o seu nome, CPF, média de renda, e outros dados que comprovem a sua atividade como autônomo.

Ateste a veracidade das informações

É importante garantir que o seu comprovante de renda seja verídico e condizente com a realidade das suas finanças.

Por isso, antes de utilizá-lo para qualquer finalidade, verifique se todas as informações estão corretas e se a média de renda calculada é precisa. Isso ajudará a evitar qualquer problema futuro decorrente de informações incorretas.

Armazene a documentação

Por fim, é essencial manter uma cópia do seu comprovante de renda devidamente arquivada. Independentemente de como você o criou – seja por meio de um aplicativo.

Site ou manualmente – é importante ter uma cópia em mãos para eventuais necessidades futuras.

Além disso, caso tenha optado por utilizar um aplicativo ou site para criar o comprovante, verifique se é possível salvar uma versão eletrônica do documento em um local seguro, como o seu e-mail ou um serviço de armazenamento na nuvem.

Exemplos de Apps e sites para criação de comprovantes de renda
Gerador de Comprovante: Este aplicativo permite a criação de comprovantes de renda de forma simples e rápida.

Disponível para dispositivos Android, o Gerador de Comprovante tem uma avaliação de 4,3 estrelas na Google Play Store.
Comprovante de Renda: Com este site, você pode gerar comprovantes de renda de maneira online e gratuita.

O Comprovante de Renda é bem avaliado pelos usuários, com uma média de 4,5 estrelas.

Com essas dicas e ferramentas, você estará bem preparado para criar um comprovante de renda sendo autônomo.

Além disso, é fundamental acompanhar regularmente o desempenho dos seus investimentos no Tesouro Direto, ajustando a estratégia conforme suas metas e o cenário econômico.

Mantenha-se informado sobre as condições do mercado financeiro e, se necessário, busque orientação de profissionais especializados para otimizar seus resultados.

Dessa forma, você estará mais preparado para aproveitar as oportunidades e enfrentar eventuais desafios em sua jornada de investimentos. Boa sorte